terça-feira, 18 de maio de 2010

TANGO...

Ontem, há margem da Conferência entre a União Europeia, América Latina e Caribe que hoje se inicia, o engº. Sócrates, em castelhano, afirmou que “para dançar o tango são precisos dois”, referindo-se obviamente a Passos Coelho. E acrescentou ainda que o novo líder do PSD “olha para a situação com responsabilidade e patriotismo”…

Portanto, Sócrates e Coelho estão cada vez mais íntimos. Mas do que nós gostámos mesmo, a sério, foi do castelhano do (agora muito “patriota”) Primeiro-ministro…

Quanto ao resto, venha daí esse tango!

Um comentário:

  1. Tango é paixão e morte. Neste par, quem irá morrer?

    ResponderExcluir